Tenha um plano B! | EAD Laureate + Nube

Tenha um plano B! | EAD Laureate + Nube

Procurar seu espaço no mercado de trabalho e alcançar o sucesso não é uma tarefa fácil. Assim, ter um planejamento pode ser fundamental para evitar frustrações e arrependimentos. Além disso, pode ser o momento ideal para se descobrir e crescer! Saiba mais!

Em geral, quando as coisas vão bem, ninguém pensa ou se preocupa em procurar um plano B. Contudo, imprevistos acontecem e ter uma outra alternativa, pode fazer a diferença. Segundo Ana Marchi, coach e senior mindfulness da Utsaha, de Campinas, como o mercado oferece tantas possibilidades, devemos entender: “escolher uma carreira não é algo fixo e imutável, nem uma linha reta. Devemos deixar espaço para outras opções”.

Dessa forma, elaborar seus passos possibilita ao profissional não perder tempo e energia com ações, as quais não levarão ao seu objetivo. “Um delineamento deve promover um guideline e uma direção. Porém, também precisa propiciar flexibilidade suficiente para aproveitar novas oportunidades”, enfatiza.

Portanto, mantenha-se aberto a outras possibilidades. Para a especialista, não deve haver apenas duas alternativas. “O mundo de hoje oferece tantas variações e é possível sempre descobrir novas opções”. Inclusive, o plano B não precisa ser algo completamente diferente do A, mas sim uma variante e complemento da sua ideia central.

Além disso, pode ser uma oportunidade para você explorar sua capacidade de uma forma mais completa. Foi assim com Raquel Bersano. A então fundadora da Inspire Digital deixou de ser funcionária para ser empreendedora. Ela sempre teve vontade de fazer essa transição e quando encarou o desafio, o resultado foi engrandecedor. “Descobri meu grande potencial de crescimento ali e talvez ele pudesse ser limitado no lugar onde estava”, conta.

Como dica, a especialista orienta a focar no plano A. “Fique atento ao mercado, pesquise e converse com pessoas de diferentes áreas”. Assim, você terá uma noção de qual caminho escolher e tomar uma decisão mais assertiva. Ela ainda aconselha: “tenha a opção B e teste como voluntário ou nas horas vagas”. Isso ajudará você a ter uma nova percepção e, quem sabe, tomar uma direção.

E você? Já traçou um plano B?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *