Pós-graduação a distância: como funciona? Vale a pena fazer?

Pós-graduação a distância: como funciona? Vale a pena fazer?

Você quer sair do comodismo e deslanchar em sua vida profissional. Deve até pensar que voltar a estudar é o que você precisa para dar o próximo passo em sua carreira, mas seu tempo é curto para todas as suas tarefas. Já considerou que a saída pode ser fazer uma pós-graduação a distância?

Horários flexíveis, plantão de dúvidas e aprendizado no seu ritmo. Tudo isso online e no local de sua preferência. O ensino a distância oferece todas essas vantagens e o preço é geralmente mais acessível do que o de um curso presencial.

O formato totalmente adaptado às necessidades do aluno tem atraído muitas pessoas para a pós-graduação a distância. Atualmente existem diversas opções no mercado nas mais diferentes áreas.

E justamente porque existem tantas alternativas você pode estar em dúvida sobre qual curso escolher. Afinal, esse é um investimento que pode ser decisivo para sua carreira.

Para ajudar nessa decisão, preparamos um guia completo para você começar a montar a sua lista de preferências e saber como proceder ao optar pelo seu curso de pós-graduação a distância.

A partir daqui, você terá uma noção melhor do processo de escolha, dos passos necessários para a matrícula e também do tipo de certificação que esses cursos oferecem. Vamos começar!

1. O que é a pós-graduação a distância?

Também conhecida como pós EAD (sigla para educação a distância), esse tipo de pós-graduação oferece a mesma base curricular que um curso presencial e com as mesmas exigências quanto ao aprendizado do aluno. A vantagem é que as disciplinas podem ser cursadas online.

Assim como nos cursos tradicionais, existe a segmentação entre a pós lato sensu e a pós stricto sensu. O MBA e a especialização se encaixam no primeiro caso e precisam ter a carga mínima de 360 horas. Já mestrado e doutorado se encaixam na segunda definição.

Muitos cursos EAD surgiram nos últimos anos à medida que o mercado de trabalho deixou de resistir a essa modalidade de educação.

Segundo os dados do último Censo da Educação Superior, o número de matrículas no ensino a distância chegou a 1,5 milhão em 2016. Dessa forma, os cursos EAD hoje têm uma fatia de 18,6% do total de matrículas da educação superior.

Esse movimento permitiu uma troca de conhecimento maior entre as universidades e as empresas e hoje em dia é possível até mesmo formatar um curso EAD específico para determinada área de atuação profissional.

Os cursos são divididos em módulos e, geralmente, não há necessidade de encontros presenciais entre professores e alunos.

Porém, atividades práticas em laboratório podem ser presenciais, por exemplo. Algumas universidades também podem ter uma política de avaliação presencial ao fim de cada módulo.

Tal como em um curso regular, é possível fazer mais de uma vez essas provas ao final de cada módulo. Também há a possibilidade de reprovação e isso implica ter de cursar um módulo inteiro novamente. Então, fique atento: optar pelo ensino a distância não quer dizer estudar menos!

2. Quais são os benefícios de fazer uma pós EAD?

Praticidade é o conceito central de um curso de pós-graduação a distância. A possibilidade de assistir às aulas e cumprir as tarefas propostas pela internet facilita bastante a vida de quem trabalha e estuda ou mora muito longe da instituição de ensino.

Além disso, o estudante pode ter suporte online para dúvidas e é possível que haja até discussões em grupo, dependendo da forma como as atividades são organizadas.

Em um curso EAD, você é o dono do seu tempo e o gerencia da forma mais cômoda. Por isso mesmo, é preciso muita disciplina para se organizar e cumprir as tarefas propostas.

É importante fazer um planejamento de estudos que leve em consideração as suas demais obrigações do dia a dia. O ideal é que você vá cumprindo as tarefas aos poucos, de maneira a não se sobrecarregar.

3. Quem pode fazer uma pós-graduação a distância?

Qualquer pessoa que já tenha concluído um curso de graduação, seja presencial ou a distância, pode fazer uma pós EAD. Quem veio da graduação tecnológica também pode.

O que pode ser decisivo nessa questão é a maneira como o aluno se sente confortável em seu processo de aprendizagem. Se dará melhor com a educação a distância quer quiser mais praticidade e comodidade, de maneira a ter uma rotina mais flexível em seus estudos.

O estudante interessado deve entrar em contato diretamente com a instituição que oferece o curso de sua preferência e checar os procedimentos necessários para o ingresso no curso.

A seleção dos alunos pode ser feita por meio do vestibular tradicional ou de uma prova em polo de educação a distância. A nota do estudante no Enem também pode ajudar no ingresso.

Dependendo da política de cada instituição de ensino, também é possível que haja bolsas de estudo para essa modalidade de curso. Algumas, inclusive, aceitam bolsistas da Capes e do CNPq, entidades voltadas para pesquisa científica ligadas ao governo.

4. Como funciona um curso de pós-graduação EAD?

Um curso de pós EAD, assim como um curso presencial é dividido em módulos, que geralmente duram seis meses. Depois de matriculado, o aluno ganha uma senha de acesso ao portal da instituição para iniciar seus estudos.

Lá, terá acesso aos conteúdos de cada módulo por etapa do curso. A apresentação desse material é feita de forma multimídia (fotos, infográficos, slides, textos, vídeos e arquivos de áudio).

Todos esses conteúdos ficam disponíveis por tempo determinado no site da instituição de ensino, mas podem ser baixados caso o estudante queira guardá-los para revisar no futuro.

Há uma data limite para ver o material referente ao semestre, fazer as atividades propostas e tirar dúvidas com o professor que ministra cada disciplina.

Depois desse período, o aluno deve fazer uma avaliação para ser habilitado a cursar o módulo seguinte.

Ao final do curso, o estudante provavelmente terá de apresentar um projeto final que sintetize e expresse o que ele aprendeu durante o curso, o famoso Trabalho de Conclusão de Curso (TCC). Pode haver também um exame final de certificação.

Concluindo todas essas etapas, o aluno obterá o diploma do curso de pós-graduação a distância, que tem o mesmo peso do diploma de um curso tradicional caso a instituição seja reconhecida pelo Ministério da Educação (MEC).

5. Qual é a opinião do mercado sobre a pós-graduação a distância?

Hoje em dia, com as constantes transformações promovidas principalmente pelo avanço da tecnologia, o mercado de trabalho exige que os profissionais se atualizem constantemente, mesmo depois de já terem concluído a sua educação formal.

Por isso, novas formas de visualizar e compreender os processos de uma determinada área têm grande valor para empresas que não querem perder a corrida pela preferência de seus consumidores.

Nesse sentido, um curso de pós-graduação a distância pode ajudar e muito, pois é uma oportunidade de avaliar se os conceitos que guiam as práticas do dia a dia ainda fazem sentido.

Também é uma chance de trazer conhecimento novo para as companhias, que podem aproveitar essa bagagem para desenvolver novos produtos e serviços e até refletir sobre o seu posicionamento no mercado.

Assim, se antes havia preconceito contra essa modalidade de curso, hoje qualquer iniciativa é vista como válida se ela for capaz de aperfeiçoar a produtividade de um profissional. A chamada disrupção hoje é perseguida com afinco por grandes corporações, não só do setor de tecnologia.

Nesse processo de constante melhoria, um profissional qualificado, engajado e que exerça influência sobre os demais colegas pode transformar a maneira como um negócio é conduzido.

Os benefícios podem ser múltiplos: aumento da produtividade, economia de itens usados na produção e melhor compreensão do papel de uma empresa, não só dentro de sua área, mas também em relação à sociedade como um todo.

A importância do networking

Outro ponto positivo que o mercado enxerga em quem investe na própria educação, e isso em qualquer modalidade, é o fato de o profissional ter mais contato com pessoas-chave em sua área, que podem ser do mesmo nível hierárquico ou não.

Esse networking com professores e outros alunos, além de trazer ainda mais conhecimento para o profissional, também pode abrir portas que antes nem eram cogitadas.

Além disso, a troca de informações entre os alunos também pode trazer conhecimento sobre iniciativas que estão sendo empregadas ou testadas pela concorrência. Esse conhecimento pode ser fundamental para que uma companhia aperfeiçoe seus processos e até aumente sua participação no mercado.

Por fim, não é raro que empresas recrutem profissionais de um determinado curso de pós-graduação. Existem cargos que possuem pré-requisitos muito específicos para serem preenchidos e um posto de trabalho pode ficar vago por meses quando não há candidatos com qualificação suficiente.

E você sabe: quanto menor for o número de profissionais qualificados para um determinado cargo, maior será o salário.

6. Como escolher a pós-graduação EAD ideal para você?

Escolher o melhor curso de pós-graduação a distância não é uma tarefa fácil. Justamente porque existem milhares de opções disponíveis, saber qual delas é a ideal para seu perfil e seus objetivos exige bastante pesquisa.

Muitas vezes, o nome de um curso é muito parecido com o de outro, mas o currículo pode ser diferente. Uma dica para tirar as suas dúvidas é consultar as disciplinas que serão estudadas.

Os conteúdos a serem abordados em um curso de pós EAD, assim como os dos cursos regulares, ficam disponíveis de forma pública nos sites das instituições. Essa pode ser uma boa forma de saber quais deles mais atendem melhor ao que você está procurando.

Por isso, vale a pena organizar uma lista de objetivos e preferências antes mesmo de começar a pesquisar um curso de pós EAD. Assim, fica mais fácil escolher as alternativas que mais se encaixam em sua lista. Isso também evita que você perca tempo com opções que não sejam adequadas às suas necessidades.

Feito isso, concentre-se na análise dos currículos dos cursos que chamam mais a sua atenção e avalie qual seria o impacto de cada um deles em sua carreira.

Por fim, priorize o curso com mais chances de fazer a sua carreira deslanchar com base nos critérios que você definiu no início da sua busca.

7.Como escolher uma boa instituição de ensino EAD?

Se você está no mercado de trabalho há algum tempo, já deve ter percebido que a reputação de uma instituição de ensino é um poderoso cartão de visitas. O nome de uma universidade prestigiada pode abrir diversas portas para seus alunos.

Então, antes de tomar uma decisão final sobre sua pós-graduação a distância, dedique algum tempo à pesquisa da reputação das faculdades que oferecem os cursos pelos quais você se interessou.

Geralmente, grandes jornais e revistas têm seções dedicadas a esse tema. Existem até publicações especializadas em educação de nível superior.

Algumas dessas publicações divulgam seus próprios rankings das melhores universidades, adotando uma metodologia que pode ser um pouco diferente da usada pelo MEC. Assim, há uma infinidade de conteúdo para analisar antes de escolher o seu curso.

É claro, você não terá tempo para avaliar todas essas publicações. Então, escolha as principais e compare em diferentes anos o desempenho das universidades que chamaram a sua atenção. A qualidade de seus serviços vêm melhorando com o passar dos anos? Esse é um fator de peso na hora da sua escolha.

Use também as redes sociais a seu favor. Você já sabe o impacto que o seu perfil nesses sites pode ter em sua carreira. Mas você já parou para pensar que o mesmo vale para a reputação de uma instituição?

Então, aproveite esse poder para pesquisar o máximo que puder sobre as faculdades do seu interesse. Confira se há elogios ou reclamações de alunos, ex-alunos, professores e demais funcionários sobre essas instituições. Você pode até usar esse critério como desempate para se decidir sobre onde fará seu curso de pós-graduação a distância.

8. Seis dicas para se dar bem em um curso a distância

Não existe uma ciência exata que permita escolher o melhor curso de pós-graduação a distância.

Porém, ter uma noção clara de seu perfil, seus objetivos profissionais e como você pretende aplicar esses conhecimentos em seu dia a dia podem ajudar e muito na hora de decidir qual curso fazer.

Além disso, sua atitude ao encarar a rotina das atividades e lidar com professores e colegas durante os estudos também pode potencializar o seu desenvolvimento profissional. Veja a seguir algumas dicas para você aproveitar o melhor de um curso a distância.

Escolha o curso que melhor atenda aos seus objetivos

Faça uma lista do que você pretende alcançar ao cursar uma pós a distância. Uma promoção? Aumento da sua capacidade analítica? Melhora da sua produtividade? Seja objetivo e honesto consigo mesmo ao definir esses pontos.

Na sequência, avalie os cursos disponíveis no mercado e escolha aquele que melhor atenda aos seus objetivos.

Para isso, analise o currículo dos cursos e busque informações sobre a reputação das instituições que oferecem aqueles pelos quais você se interessou.

Consulte também a opinião de outras pessoas que já fizeram os cursos que chamaram a sua atenção e avalie qual foi o impacto dessa decisão na carreira delas. Elas mudaram de posição quanto tempo depois de terminarem o curso? De que forma os estudos contribuíram para esse processo?

Só depois de pesar bem cada uma das escolhas possíveis, tome a sua decisão final.

Crie uma rotina de estudos

Gerenciar bem o próprio tempo é uma habilidade cada vez mais exigida pelo mercado de trabalho e um curso a distância é uma boa oportunidade para treinar.

Antes de começar o seu curso, faça um planejamento de como ficarão suas tarefas diárias. Seja rigoroso ao determinar e cumprir o tempo destinado a cada uma delas. Isso vai permitir que você cumpra o seu cronograma sem frustrações.

Antes do início de cada semana e até mesmo de cada dia, tenha em mente qual será o seu roteiro de tarefas. Ao final, avalie como foi o seu desempenho e pense nos ajustes a serem feitos caso você não tenha conseguido cumprir alguma delas.

Não assuma responsabilidades além do que você pode dar conta. Dê prioridade aos seus estudos e tente conciliar isso com suas obrigações do dia a dia, sejam elas do trabalho ou da sua vida pessoal.

Construa sua rede de contatos

Procure conhecer o currículo de seus professores e saiba também quem são seus colegas de curso. Se houver abertura, não hesite em ter um contato mais próximo com eles, pois o networking pode levar você a posições que você jamais imaginou para a sua carreira.

Da mesma forma, não tenha receio de se conectar com seus novos contatos nas redes sociais e mantenha o seu currículo sempre atualizado. Isso vai facilitar que outras pessoas encontrem você e saibam mais sobre o seu trabalho, o que pode abrir portas em sua trajetória profissional.

Analise o ambiente sempre

Não é incomum traçar um plano para um prazo mais longo e, de repente, ver as condições mudarem.

Por isso, fique atento ao ambiente à sua volta. Procure se informar sobre o que está acontecendo em sua área de atuação profissional e faça movimentos que coloquem você à frente dessas mudanças.

Mantenha sempre contatos estratégicos que façam você enxergar o ambiente em que está inserido como um todo, de maneira a identificar oportunidades que surjam no meio do caminho.

Caso você se dê conta de que um determinado curso já não faz mais sentido para sua carreira, não hesite em mudar. Mas não tome uma decisão precipitada.

Busque conversar com seus professores sobre maneiras de aplicar o que você aprendeu. Se achar pertinente, pergunte sobre a possibilidade de uma mudança no currículo do seu curso para que ele fique o mais atualizado possível em relação ao que acontece no mercado de trabalho.

Tire um tempo para respirar

Você pode não ter notado ainda, mas ideias capazes de mudar nossas vidas podem surgir quando estamos com a guarda baixa. Então, não fique 100% concentrado em suas obrigações.

Separe um momento do seu dia ou da sua semana para fazer algo exclusivamente voltado para o seu bem-estar. Pode ser uma atividade física, um momento de meditação ou mesmo aquele passeio com a família ou os amigos.

Dar um descanso para o cérebro é importante, pois as ideias não fluem bem em momentos de tensão. Assim, procure separar também os seus momentos para relaxar.

Priorize a evolução da sua carreira

Antes de pensar em como um curso de pós-graduação a distância pode melhorar sua posição na empresa em que você trabalha, visualize o longo prazo.

Concentre sua energia em seu aperfeiçoamento profissional: aprenda coisas novas, teste suas habilidades e melhore os seus conhecimentos em áreas correlacionadas à área em que você atua.

E se você cogita desistir de fazer um curso apenas porque ele não está diretamente ligado ao seu campo de atuação profissional, pare e pense mais um pouco. Essa pode ser uma boa oportunidade de testar novos caminhos em sua carreira. Tudo depende de como você vai empregar esse conhecimento em seu dia a dia.

Por fim, não tenha pressa em tomar uma decisão final. Pesquise, consulte, converse com pessoas e peça também para falar com os coordenadores dos cursos pelos quais você se interessa.

Procure ficar por dentro das notícias relacionadas a esse segmento da educação, pois elas podem ajudar você a mapear oportunidades de outros cursos interessantes, até mesmo em outras áreas. Essas informações podem dar a você um bom panorama do que acontece no mercado de trabalho atual.

Depois de todo esse esforço, você vai estar pronto não só para escolher a melhor alternativa para a sua educação, mas também para aproveitar ao máximo os benefícios que uma pós-graduação a distância oferece.

Esse processo pode exigir um pouco mais de energia, mas com certeza fará você tomar uma decisão mais qualificada.

Gostou das dicas sobre pós-graduação a distância? Acesse o nosso site e conheça todas as opções de curso EAD que a Laureate oferece. Um deles, com certeza, vai se adaptar ao que você está procurando.

5 Respostas
  1. Ótimo artigo! Muito elucidativo, objetivo, de grande utilidade. Parabéns!

  2. Bom dia,
    Eu moro na irlanda, vou para o Brazil uma vez por ano. e possivel fazer uma pos graduacao a distancia?

    1. Oi, Eric, como vai? Você precisa comparecer ao polo de apoio presencial duas vezes por semestre para a realização das provas.

  3. Texto claro e bem objetivo. Tirou muitas das minhas dúvidas sobre o campo de atuacão profissional.
    Parabéns!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *