Marketing e vendas: qual a relação entre esses dois setores?

Marketing e vendas: qual a relação entre esses dois setores?

Dentro de uma empresa, os setores de marketing e vendas são, talvez, a dupla cuja interação seja a mais importante para o sucesso. O resultado de cada time depende inteiramente da colaboração do outro.

Entretanto, o que se vê, muitas vezes, é mais uma competição. Cada equipe quer mostrar que é melhor, ou joga a culpa de tudo que dá errado na outro. É preciso entender que os dois devem caminhar juntos: essa é a única forma de utilizar todo o potencial de cada membro do grupo.

Quer entender qual a relação entre marketing e vendas? Confira, no post de hoje!

O papel fundamental do marketing

Toda empresa precisa se apresentar a seu público-alvo: se ela não colocar seu nome no mercado, ele não vai ficar forte o suficiente para atrair a atenção e a confiança dos seus clientes em potencial. Esse é o ponto fundamental do marketing.

Ele pode ser visto em várias expressões, do marketing digital, que é responsável pela marca na internet, ao endomarketing, que foca nos clientes internos, ou seja: colaboradores e investidores.

De forma geral, podemos dizer que estão entre as funções do marketing:

  • aumentar a visibilidade da marca;
  • vender mais;
  • fidelizar clientes;
  • engajar colaboradores;
  • atrair investidores.

Ou seja, é ele que vai literalmente fazer a propaganda, para que o público se sinta interessado em fechar negócios com a empresa.

O arremate da equipe de vendas

Então, entre as funções do marketing, você viu “vender mais”. Parece confuso, já que é a equipe de vendas que deve conquistar números maiores, certo? Mas o ponto alto é que ela só consegue superar suas metas com a ajuda fundamental do marketing.

Quem se interessa em comprar produtos de que nunca ouviu falar? O dinheiro do cliente é importante e ele quer ter a certeza que está fechando bons negócios. E não vai fazer isso se não acreditar muito no produto.

A equipe de vendas está ali para abordá-lo, se fazer presente quando ele precisar e, de forma gentil e sem invadir seu espaço, ir aonde ele está. Ela também faz propaganda: seu trabalho de convencimento, de apresentar vantagens e comparar suas soluções com a concorrência é uma continuidade daquilo que foi iniciado nas estratégias do marketing.

No fim das contas, os dois interagem o tempo todo: se o marketing faz um bom trabalho, mais leads — que são os potenciais clientes que estão caminhando para a compra — a equipe de vendas terá para trabalhar.

A ligação entre marketing e vendas

Percebeu como os dois caminham em compasso? Se o time de marketing não consegue despertar o interesse do público, a equipe de vendas vai ter dificuldades para converter novos negócios. Por outro lado, todos os esforços do marketing podem se perder, sem uma equipe altamente preparada para as vendas.

Você pode comparar a ligação entre os dois a um jogo de frescobol, aquele esporte que se joga tranquilamente na praia: um dos jogadores passa a bola da melhor forma possível para o outro, pois a intenção é que o jogo não pare. Deixar a bola cair é como um fracasso para os dois. Por isso, se ela vem meio torta, o jogador que recebe tenta consertar o lance e devolvê-la da melhor forma possível.

Smarketing: dois setores em conjunto

Há, inclusive, uma estratégia chamada smarketing, que é a junção das palavras “sales” (vendas, em inglês) e marketing. Empresas que aplicam esse conceito definem objetivos únicos e complementares para os dos times, que trabalham bem próximos.

Assim, há reuniões com todos e acordos de níveis de serviços (SLAs) que definem a função e a responsabilidade de cada parte. A jornada de compras dos clientes é acompanhada por todos e, muitas vezes, as ações precisam ser tomadas de forma inteligente: um faz a primeira abordagem e o outro dá continuidade de onde o primeiro parou.

Na prática, seja adotando o smarkerting ou não, é impossível obter bons resultados se os dois times não se enxergarem como parceiros e não se ajudarem mutuamente.

A formação desses profissionais

E, como obter o sucesso, alcançando as metas da empresa? Bom, sabemos que o primeiro passo é ter preparo, certo? Qualquer carreira profissional de sucesso requer planejamento e investimento em formação. Com o marketing e as vendas não é diferente.

Muita gente acaba “caindo” nessas áreas por causa da alta demanda, mesmo sem especialização. Mas até para quem já atua, é importante conhecer a teoria, saber o que são os conceitos do marketing, entender a importância das metas para o resultado do negócio. Somente assim, o profissional pode ter uma boa base para entender o que está fazendo e acertar em cheio nas suas ações, conseguindo avançar na carreira.

As pessoas que normalmente trabalham ou pretendem atuar nessas áreas costumam escolher cursos que direta ou indiretamente remetem a elas, tais como:

Marketing

O curso de marketing capacita o profissional a atuar desenvolvendo estratégias de vendas e de comunicação que possam focar nos interesses do cliente. Ele desenvolve pesquisas de mercado e analisa dados que revelam o perfil do consumidor. Além disso, aprende a:

  • planejar e conceber novos produtos;
  • identificar e aproveitar oportunidades de mercado;
  • administrar negócios e aumentar as vendas.

Há também cursos de pós-graduação na área, para quem quer complementar sua formação.

Gestão Comercial

Esse curso capacita o profissional a ser gestor, conduzindo equipes e definindo rumos para a empresa. Ele ajuda a desenvolver a visão estratégica e o gestor aprende a construir soluções, mediar relacionamentos e criar vantagens competitivas.

Publicidade e Propaganda

O bacharel nesse curso aprende a apresentar produtos e serviços ao consumidor, impulsionando suas vendas e garantindo que a empresa tenha uma imagem forte e positiva diante de seu público.

Administração

Por dar uma visão bem abrangente de todo o funcionamento de um negócio, o curso de administração permite que um profissional se dedique às suas diversas áreas, incluindo marketing e vendas. Ele ensina a focar no resultado de excelência, preparando um administrador para vender, empreender e gerir.

Como você pode ver, as áreas de marketing e vendas podem sim, se confundir, pois atuam de forma muito próxima e a linha que separa as duas é bem tênue. No fim das contas, são como áreas irmãs e precisam ajudar uma à outra, trabalhando em perfeita sintonia, para que o negócio alcance o sucesso que espera.

Você se interessa por essas áreas? Assine nossa newsletter e tenha sempre novidades sobre assuntos de seu interesse, direto em seu e-mail!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *