Notícias

Pós-graduação se torna exigência para quem busca ascensão salarial

Quem busca recolocação ou ascensão profissional atualmente, deve dedicar mais tempo à sua formação. A ascensão salarial, em particular, demanda mais investimento em cursos de especialização que ofereçam a habilitação necessária para atender às novas exigências do mercado de trabalho. Isso, é o que sinaliza uma pesquisa divulgada pela Catho Online, cujos dados revelam que, quem faz especialização, MBA,

Quem busca recolocação ou ascensão profissional atualmente, deve dedicar mais tempo à sua formação. A ascensão salarial, em particular, demanda mais investimento em cursos de especialização que ofereçam a habilitação necessária para atender às novas exigências do mercado de trabalho. Isso, é o que sinaliza uma pesquisa divulgada pela Catho Online, cujos dados revelam que, quem faz especialização, MBA, doutorado ou mestrado, chega a receber até 70% a mais do que aqueles que possuem apenas o diploma de graduação.

 

A questão é que essa demanda pela especialização, muitas vezes, chega no momento em que o trabalhador já está atuando no mercado, o que torna complicada a disponibilidade para estudar nos horários estabelecidos pela maioria dos cursos, ainda que sejam oferecidos aos fins de semana. “Esse problema pode ser resolvido com uma pós-graduação pela modalidade de educação a distância (EAD), que oferece a excelência de ensino exigida pelo mercado, com flexibilidade de horário e local”, afirma a reitora do EAD Laureate, professora Josiane Tonelotto.

 

Oferecendo uma plataforma educacional inovadora e com mais de 39 cursos de pós-graduação, o EAD Laureate atua na formação de profissionais para as áreas de comunicação, direito, educação, gestão de negócios, saúde e tecnologia. Oferece, ainda, rapidez para conclusão, pois possui duração de aproximadamente dois a três semestres, com custos reduzidos e valores a partir de R$ 149,00. As inscrições podem ser feitas através do site eadlaureate.com.br. Informações pelos telefones (11) 4004-4280 (capitais) e 0800 098 7654 (demais localidades).

b78d05ce72d6abd689a1d1f15d08f67c}}}}}}}}}}}}}}}}